Como identificar a amiloidose

Existem vários tipos de amiloidose e os seus sintomas dependem do local onde o amilóide acumula-se. Enquanto em muitos indivíduos apresentam poucos sintomas, em outros a doença é potencialmente letal.

  • Como identificar a amiloidose

Existem vários tipos de amiloidose e os seus sintomas dependem do local onde o amilóide acumula-se. Enquanto em muitos indivíduos apresentam poucos sintomas, em outros a doença é potencialmente letal.
 
Na Amiloidose primária, os locais típicos de acúmulo de amilóide são o coração, a pele, a língua, a tireóide, os intestinos, o fígado, os rins e os vasos sangüíneos, que pode acarretar insuficiência cardíaca, arritmias cardíacas, dificuldade respiratória, espessamento da língua, hipoatividade da tireóide, má absorção dos alimentos, insuficiência hepática, insuficiência renal e equimoses fáceis ou outros sangramentos anormais decorrentes do efeito do amilóide sobre a coagulação sangüínea.
 
Pode ocorrer uma disfunção nervosa, que acarreta fraqueza e distúrbios da sensibilidade. Pode ocorrer a síndrome do túnel do carpo.
 
Quando o amilóide afeta o coração, o indivíduo pode morrer devido a uma insuficiência cardíaca grave a arritmias cardíacas.
 
Na amiloidose secundária, o amilóide tende a acumular-se no baço, no fígado, nos rins, nas adrenais e nos linfonodos.
 
O baço e o fígado tendem a aumentar de volume e, à palpação, perceber-se uma consistência firme semelhante à da borracha. Outros órgãos e vasos sangüíneos também podem ser afetados, embora o envolvimento cardíaco seja raro.
 
Fonte
http://www.tuasaude.com/como-identinficar-a-amiloidose/

Comentários