Artrite

A artrite é uma inflamação articular que gera sintomas como dor, deformidade e dificuldade no movimento, que ainda não tem cura. Em geral, seu tratamento é feito com medicamentos, fisioterapia e exercícios, mas, em alguns casos, pode-se recorrer à cirurgia.

  • Artrite

O que é:
 
A artrite é uma inflamação articular que gera sintomas como dor, deformidade e dificuldade no movimento, que ainda não tem cura. Em geral, seu tratamento é feito com medicamentos, fisioterapia e exercícios, mas, em alguns casos, pode-se recorrer à cirurgia.
 
A artrite pode ser causada por um traumatismo, excesso de peso, alimentação, desgaste natural da articulação ou devido a uma alteração no sistema imune de indivíduos pré-dispostos a tal. Ela pode ser classificada como artrite reumatoide, artrite séptica, artrite psoriática, artrite gotosa (gota) ou artrite reativa, dependendo da sua causa.
 
Sintomas de artrite
 
Os sintomas da artrite são:
  • Dor nas articulações afetadas
  • Inchaço nas articulações afetadas
  • Vermelhidão na articulação afetada
  • Leve aumento da temperatura na região afetada
  • Dificuldade em realizar movimentos com o membro afetado
  • Deformidade nas articulações afetadas, numa fase mais avançada da doença
  • Dificuldade em iniciar o movimento com a articulação afetada
  • Rigidez matinal que pode perdurar de 15 minutos a 2 horas, no caso da artrite reumatoide
 
Estes sintomas podem surgir em indivíduos de qualquer idade, inclusive crianças, e é muito comum que mais de uma articulação seja afetada ao mesmo tempo. A artrite é uma das doenças inflamatórias crônicas mais comuns em mulheres, obesos e em indivíduos com mais de 70 anos de idade. No entanto, alguns tipos são mais comuns em homens, como é o caso da artrite gotosa, por exemplo.
 
Cura da artrite
 
A cura definitiva da artrite ainda não foi descoberta, mas o indivíduo pode recorrer a diversas formas de tratamentos para a artrite sempre que ela se tornar dolorosa e comprometer suas atividades diárias.
 
Para trazer o alívio da dor e melhora da capacidade de movimentos, recomenda-se uma alimentação cuidada, onde bebe-se bastante água e evita-se o consumo exagerado de alimentos ricos em proteína, além de recorrer a medicamentos anti-inflamatórios, imunossupressores, receitados pelo médico reumatologista, e à fisioterapia. A cirurgia para a colocação de uma prótese articular pode, em muitos casos, representar a cura da artrite naquela articulação, como ocorre na artrite séptica, por exemplo.
 
Diagnóstico da artrite
 
Para diagnosticar a artrite, o médico ortopedista ou fisioterapeuta poderá, além de observar os sinais clínicos da doença, como a deformidade articular, as características inflamatórias e ouvir as queixas do paciente, pedir um exame de raio-x para comprovar o inchaço local e a deformidade articular. Em alguns casos, a avaliação laboratorial do fator reumatoide pode ser útil, mas nem sempre é necessária. Para o diagnóstico da artrite séptica a punção do líquido sinovial da articulação afetada é indispensável.
 
Causas da artrite
 
O desgaste natural da articulação é uma das causas mais comuns da artrite, mas esta doença também pode ser causada pelo excesso de peso, super uso, idade, traumatismo direto ou indireto, fator genético e devido a fungos, bactérias ou vírus, que se instalam através da corrente sanguínea na articulação, gerando o processo inflamatório. Se esse processo não for revertido a tempo, pode levar à completa destruição da articulação e consequente perda da função.
 
Tratamento para artrite
 
O tratamento para a artrite visa basicamente aliviar os sintomas da doença e melhorar sua função, porque o desgaste articular não pode ser totalmente revertido. Para tal, pode-se recorrer a medicamentos como analgésicos, anti-inflamatórios e imunossupressores e mudanças no estilo de vida, onde preconiza-se evitar esforços físicos.
 
Quando o indivíduo queixar-se de dor e de dificuldade nos movimentos, recomenda-se a fisioterapia e. nos casos mais graves, pode ser necessária uma infiltração com corticoides na articulação para um efeito analgésico e anti-inflamatório imediato. A prática de exercícios como natação, hidroginástica e Pilates também é indicada, pois ajudam no combate à inflamação e no fortalecimento muscular.
 
Contudo, se o médico achar que a articulação está muito desgastada e se não houver outros inconvenientes, ele poderá sugerir que se faça uma cirurgia para a colocação de uma prótese no local da articulação afetada. Uma das articulações que mais têm indicação cirúrgica é a do quadril e, em seguida, a do joelho.
 
Fisioterapia para artrite
 
A fisioterapia pode em muito ajudar o paciente com artrite. Através do tratamento fisioterapêutico, a inflamação poderá diminuir e será mais fácil realizar os movimentos. Poderão ser utilizados recursos anti-inflamatórios, analgésicos e exercícios de alongamento muscular e de mobilização articular para preservar os movimentos da articulação e evitar que novas deformidades se instalem.
 
A fisioterapia deve ser realizada no mínimo 3 vezes por semana, até a completa remissão dos sintomas da artrite. Cabe ao fisioterapeuta decidir que recursos usará para tratar esta doença.
 
Tratamento natural para artrite
 
Um ótimo tratamento natural para complementar o tratamento habitual da artrite é tomar chás e infusões de plantas medicinais, como, por exemplo, o gengibre e o açafrão.
 
O consumo de pimenta cayenna e de orégano diariamente também atua como um poderoso anti-inflamatório natural, assim como massagear os locais afetados com óleo essencial de lavanda ou de unha-de-gato. 
 
Atenção: o tratamento natural não exclui o tratamento medicamentoso e fisioterapêutico da artrite, ele somente contribui para um resultado mais rápido e mais satisfatório.
 
Fonte
http://www.tuasaude.com/artrite/

Comentários