Dicas para quem está pensando em virar vegetariano

Veja 11 dicas para quem está pensando em virar vegetariano(a), você não precisa arar de uma vez com a carne.

  • Dicas para quem está pensando em virar vegetariano

1. Experimente ser vegetariano por um dia da semana.
 
As segundas sem carne se tornaram conhecidas por um motivo. As pessoas são menos dispostas a comer fora em uma segunda-feira do que, digamos, numa quinta ou sexta-feira, e esse é o primeiro dia da semana útil, o que significa que você pode ter feito compras no fim de semana e tem ingredientes prontos para fazer algo gostoso. Começar com um dia na semana é uma forma fácil e excelente de ir adquirindo o hábito de comer menos carne.
 
2. Quando você estiver pronto(a) para dar o próximo passo, experimente ficar sem carne de segunda à sexta.
 
Se sua principal hesitação sobre virar vegetariano(a) é que há pratos que você ama de paixão — como churrasco ou pizza de calabresa — experimente comer essas coisas nos fins de semana. Isso será uma boa oportunidade para você testar receitas vegetarianas nos dias úteis e se acostumar a fazer refeições sem carne aos poucos.
 
3. Ou faça isso uma refeição por vez, começando com o café da manhã, depois indo para o almoço, depois o jantar.
 
Se você está acostumado a comer carne em toda refeição, escolha uma do dia e comece por ela. Em vez de se tornarem vegetarianas do dia para noite, muitas pessoas acham mais fácil cortar a carne de um prato por vez.
 
4. Pare de comprar carne no supermercado – e termine de consumir a que já tem guardada na geladeira ou congelador.
 
Você quer comer menos carne, mas isso não significa que precise jogar fora a comida que já tem na geladeira e no congelador. Se ainda se sente confortável em cozinhar e comer carne, consuma a que ainda tem em casa enquanto tenta adotar uma nova dieta. Enquanto isso, deixe de comprar carne no supermercado. É um dos maiores passos que você pode dar.
 
5. Escolha um vegetal que seja popular em receitas vegetarianas — como cogumelos, berinjela ou couve-flor — e teste algumas receitas.
 
Por exemplo, eu já adorava comer cogumelos em lanchonetes e restaurantes, então aprendi algumas receitas com eles para fazer em casa.
 
6. Siga blogs vegetarianos ou grupos do Facebook para receber inspiração e apoio.
 
Eu sigo o Tasty Vegetarian [página em inglês] no Facebook e Instagram, e estou constantemente pegando receitas dos dois. Eu também entrei em um grupo de receitas vegetarianas e vegan do Facebook, onde mais de 187.000 pessoas compartilham suas dicas de pratos favoritos livres de carne.
 
7. Pesquise sobre como uma dieta vegetariana pode afetar sua saúde e conheça os vegetais ricos em ferro, proteína e cálcio.
 
8. Se cozinhar apenas vegetais em todas as refeições faz você se sentir triste, experimente produtos alternativos de carne.
 
É claro, lentilhas, grão-de-bico, jaca e cogumelos com textura de carne podem servir de base para receitas incríveis, mas às vezes — especialmente quando você está com preguiça — você deseja a facilidade com a qual preparava um bifinho. É nessas horas que eu procuro por produtos alternativos de carne, ou seja, salsichas, hambúrgueres e linguiças vegetais.
 
9. Prepare lanches vegetarianos caso vá a algum lugar que talvez não tenha opções para você.
 
É sempre uma boa ideia ter uma barrinha de cereais ou algumas castanhas na bolsa.
 
10. Se você vai jantar na casa de alguém, se ofereça para levar um prato vegetariano.
 
Não há como negar que, nas primeiras vezes que você falar para as pessoas que virou vegetariano(a), o clima pode se tornar um pouco constrangedor.
 
No começo do meu primeiro período sem carne, eu cheguei ao ponto de recusar jantares na casa dos outros e pedir que, ao contrário, eles viessem na minha casa jantar — é muito mais fácil oferecer um prato vegetariano gostoso junto com a notícia de que está tentando um novo estilo de vida em vez de anunciar inesperadamente que não comerá nem um tiquinho do frango assado que o seu amigo esteve preparando por horas.
 
Outra solução é dizer ao anfitrião que você é vegetariano e se oferecer para trazer um prato para o jantar!
 
11. E o mais importante: lembre-se de pegar leve com você mesmo(a).
 
Não importa se suas escolhas não se encaixam perfeitamente no vegetarianismo. O que você come — ou não come — é um problema seu (e talvez do seu médico), então faça as escolhas que te fazem feliz!
 
Fonte: Gyan Yankovich
https://www.buzzfeed.com/gyanyankovich/dicas-para-virar-vegetariano?utm_source=dynamic&utm_campaign=bffbbuzzfeedbrasil&ref=bffbbuzzfeedbrasil&utm_term=.sfQ4nY6m9#.lpJ23mDno

Comentários