Churrasqueira a bafo: dicas infalíveis

Churrasqueira a bafo: dicas infalíveis para preparar sua carne preferida. Carne macia e ausência de fumaça são algumas das vantagens de ter em casa uma churrasqueira a bafo.

  • Churrasqueira a bafo: dicas infalíveis

A falta de espaço ou a pouca experiência acaba sendo impedimento para muitas pessoas que apreciam um bom churrasco. Mas, deixar de viver momentos agradáveis na companhia dos amigos do trabalho ou dos familiares por esses motivos não fará mais sentido depois que você conhecer os benefícios de ser ter uma churrasqueira a bafo na sua casa.
 
Pensando em te ajudar, reunimos as principais vantagens desse tipo de churrasqueira e algumas dicas de como deixar sua carne preferida no ponto. Acompanhe!
 
Vantagens da churrasqueira a bafo
 
A praticidade desse tipo de churrasqueira é incontestável. Por ser compacta, pode ser usada com muita facilidade em apartamentos, casas pequenas ou até mesmo transportada para outros locais sem dificuldades. Além disso, você não irá incomodar os vizinhos com a indesejada fumaça e nem deixará seus convidados defumados, literalmente.
 
É a mais recomendada para quem não tem muita experiência em botar a carne para assar. Seu sistema - com tampa - faz com que a churrasqueira funcione como um forno, dispensando que uma pessoa fique a todo o momento conferindo e virando a carne até atingir o ponto, ela assa a peça por igual.  Também consome menos carvão que os outros modelos, deixa a carne mais macia e realça o seu sabor. E para quem aprecia carnes mais duras, como costela, cupim ou pernil, a churrasqueira a bafo é a melhor opção para prepará-las.
 
Aprenda a escolher e a preparar a carne para seu churrasco no bafo
 
Optar pela carne correta e saber escolher as melhores peças são dicas importantes para seu churrasco não ser um verdadeiro desastre.  Abaixo listamos alguns segredos para você não passar vergonha:
 
Atenção à coloração da carne: se você é fã de uma gordurinha, atenção no momento da compra: se estiver com tonalidade escura é indicação de que o animal é velho e que a carne estará dura. Costelas de osso chato e grande também é sinal de animal velho, enquanto que os pequenos e arredondados são de novilho. Elas devem ser compradas em tiras de 8 a 10 cm de largura.
 
Temperos apropriados: certos cortes de carne precisam de um preparo especial como o cordeiro ou a costela. Deixe-as marinando no tempero de um dia para outro, o resultado é uma carne mais tenra e com tempero marcante.
 
Separe as carnes para assar: nunca misture os tipos de carne na churrasqueira, como carne vermelha e frango. Isso faz com que o sabor e tempero de um interfira no paladar da outra.
 
Atenção às carnes congeladas: descongele com 12 horas de antecedência. E nunca coloque água quente para acelerar o processo de descongelamento e nem utilize o micro-ondas, isso retira o paladar da carne.
 
Carne marinada: uma boa receita de carne vermelha no bafo e deixá-la marinando no vinho tinto com ervas frescas, além de muita macia, a carne ficará incrivelmente saborosa. Mas, não coloque todas as carnes nesse tempero, senão, todas as carnes ficarão com o mesmo sabor.
 
Fonte:
http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/especial-publicitario/loja-do-mecanico/noticia/2017/01/churrasqueira-bafo-dicas-infaliveis-para-preparar-sua-carne-preferida.html

Comentários