Dicas para começar correr na rua sem se machucar

Veja 8 dicas para você começar na corrida de rua sem se machucar. Corrida é um dos esportes mais em alta no Brasil atualmente.

  • Dicas para começar correr na rua sem se machucar

Decidiu deixar o sedentarismo e viu que é fácil começar a correr? Chegou a hora de voltar a fazer um esporte? A corrida de rua é assim mesmo: acessível e uma ótima maneira de cuidar da saúde. Mas também é preciso ter alguns cuidados básicos para evitar lesões e não desanimar. Algumas dicas vão te ajudar a pegar gosto pela corrida.
 
"Equívocos são muito comuns entre os iniciantes, por isso precisamos tomar consciência deles e tentar minimizá-los para que a corrida seja prazerosa e seus benefícios sejam potencializados", alerta Rodrigo Lobo, diretor técnico da Lobo Assessoria.
 
1 - Check-up
 
Todo mundo adia aquela visita ao médico, mas saber suas condições de saúde antes de se exercitar é fundamental. Nada de sustos, afinal, a ideia é ser saudável.
 
2 - Fortalecimento
 
Nem todo mundo gosta de fazer academia, mas saiba que se você vai colocar seu corpo para correr, é preciso fortalecer o corpo. Os músculos serão exigidos e devem estar preparados. É melhor ter aquela dorzinha básica de quem trabalhou o músculo do que ter que parar de correr por culpa de uma lesão.
 
"Paralelamente à corrida, faça regularmente musculação, pilates e/ou exercícios funcionais para potencializar seus resultados e reduzir o risco de lesões", reforça Lobo.
 
3 - Caminhada e corrida
 
Correr é fácil e logo deixa o praticante animado, mas o início mais seguro é alternando caminhadas e corridas. E assim que a caminhada ficar para trás, pegue leve na velocidade.
 
"Evite correr grandes distâncias sem estar preparado: não ultrapasse degraus. Evolua gradativamente para evitar surpresas negativas. Evite a empolgação e curta cada estágio superado", ensina Rodrigo Lobo.
 
4 - Tênis adequado
 
Aqui o importante é evitar os extremos. Você não precisa de um tênis de R$ 1.000 para começar a correr, mas também não deve usar aquele seu velho companheiro do futsal, do skate e etc. Procure um tênis com bom amortecimento. Ele irá poupar suas articulações, principalmente de joelho e tornozelo.
 
Modelos com uma boa camada de amortecimento na entressola, da ponta do pé ao calcanhar, são uma alternativa interessante para o início.
 
5 - Aquecimento
 
"Faça um breve aquecimento com movimentação articular antes de correr e um breve desaquecimento e alongamento no final. Evite começar o treino sem preparar o corpo para isso. Procure correr em velocidade mais baixa ou caminhar entre 5 e 10 minutos antes de cada treino", orienta o diretor-técnico da Lobo.
 
6 - Descanso
 
Evitar a empolgação é um desafio depois que o gosto pela corrida aumenta, mas o descanso é tão importante quanto o treino. É nele que o organismo se regenera, tornando-se mais forte e resistente.
 
"Intercale os dias de treinos. O corpo precisa de descanso entre um treino e outro para não surgirem lesões. E não some treinos não realizados em apenas um dia. Evite picos de distâncias querendo tirar o atraso dos treinos perdidos em apenas um dia", adverte Lobo.
 
7 - Amigos corredores
 
Uma boa companhia pode ser decisiva em seu início na corrida. Para muitos, correr sozinho é um momento de paz e reflexão, mas às vezes é legal contar com alguém que te acompanhe no início. Isso ajuda até para que um controle o ritmo do outro.
 
O(A) parceiro(a) pode também ser um bom aliado contra aquela preguiça de sair de casa, além de transformar a corrida em um momento para colocar a conversa em dia. Dividir dúvidas e experiências sobre o esporte é outro possível ganho.
 
8 - Regularidade
 
Manter a frequência de treinamentos "é a chave do sucesso", diz o treinador, mas sempre sob uma condição: "respeite os limites do corpo. Evite correr sentindo dores e não abuse se estiver muito cansado", completa Lobo.
 
Fonte:
https://esporte.uol.com.br/ultimas-noticias/2017/03/29/8-dicas-para-voce-comecar-na-corrida-de-rua-sem-se-machucar.htm

Comentários